Nova proposta de Lei para Controle de vetores e pragas, segundo o deputado federal Laércio Oliveira deverá se tornar obrigatório

O projeto de lei PL-6098/2013 que determina a obrigatoriedade do controle de vetores e pragas urbanas em condomínios, ainda tramita na Câmara dos Deputados, em Brasília. Atualmente, a propositura aguarda o parecer do Relator na Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF), e não tem previsão para nova votação no plenário.

De autoria do deputado federal Laércio Oliveira (PR/SE), a  proposta exige controle mensal em condomínios com mais de dez casas ou 30 habitantes, estabelecimentos comerciais e empresariais, públicos e privados, e para os veículos de transporte de passageiros. O texto também determina que o sistema de controle incorpore ações preventivas e corretivas destinadas a impedir a atração, o abrigo, o acesso e a proliferação de transmissores ou agentes causadores de doenças, conforme consta no site da Câmara.

Ainda dentro da proposta do deputado federal Laércio Oliveira (PR/SE), “o controle só poderá ser realizado por empresa especializada autorizada pelo Ministério da Saúde e licenciada pela autoridade sanitária ambiental competente do estado ou município”.  E para a realização das atividades a empresa deve contar com responsável técnico que deverá ser biólogo, bioquímico, engenheiro agrônomo, engenheiro florestal, engenheiro químico, farmacêutico, médico veterinário ou químico.

Tal medida é muito bem vinda pela empresa CLS Continental, que atua no setor há mais de 10 anos realizando medidas preventivas e combativas às pragas, conforme as determinações do Controle de Vetores e Pragas Urbanas.

Com trabalho ético e de responsabilidade, a CLS Continental  conta com funcionários rigorosamente treinados por meio de cursos de especialização, mantendo com exames médicos especializados e qualificações na NR7, NR9 e NR33 e NR35, exigidas obrigatoriamente para funções.

E para reforçar sua credibilidade no mercado, a CLS Continental possui o Selo Aprag Empresa com alvará da Vigilância Sanitária, certidão da CETESB e registro nos órgãos competentes como CRQ e CREA, para poder emitir certificados dos serviços prestados assinados por profissionais qualificados. Assim sendo aguardamos a aprovação da proposta do deputado federal Laércio Oliveira (PR/SE).

 

 

Categories: baratas, desratização, detetização, ratos

Tags: ,

    Leave a Comment

    Ne alii vide vis, populo oportere definitiones ne nec, ad ullum bonorum vel. Ceteros conceptam sit an, quando consulatu voluptatibus mea ei. Ignota adipiscing scriptorem has ex, eam et dicant melius temporibus, cu dicant delicata recteque mei. Usu epicuri volutpat quaerendum ne, ius affert lucilius te.