Ratos! Quando vemos um rato em nossa casa é sinal de que algo está errado. Eles só aparecem quando damos condições para que tenham abrigo, água e alimento. As três espécies de ratos que convivem com os humanos são o camundongo, o rato de telhado e a ratazana.
Você sabia que existem mais de 1.700 espécies de ratos distribuídas por todo o planeta?
O convívio entre humanos e ratos é mais antigo do que se imagina: 10 mil anos. Ou seja, existem três ratos para cada ser humano no mundo.
Camundongos são normalmente encontrados dentro das residências (em armários de cozinha, por exemplo); ratazanas em esgotos e buracos no solo; e ratos de telhado no lugar que lhes dá o nome.
Ratos possuem uma extraordinária habilidade para se localizar, aprender caminhos novos e criar atalhos em lugares conhecidos (em resumo: eles possuem uma noção espacial mais evoluída do que a nossa).
Uma fêmea de ratazana pode dar à luz 200 descendentes em apenas um ano.
Ratos vivem, em média, dois anos.
Ratos conseguem permanecer até 2 minutos debaixo d’água sem respirar.
Acredite se quiser, mas ratos não gostam muito de queijo. Eles preferem carboidratos e alimentos com grande concentração de açúcar.
Elefantes não tem medo de ratos e, sim, de abelhas.
Você sabia que o Larousse Gastronomique, um dos mais renomados livros sobre culinária do mundo, tem uma receita de ratos grelhados?
Aliás, você sabia também que existe um restaurante na China que, entre outros pratos, oferece ratos no cardápio?
Noventa e cinco por cento do código genético dos ratos é igual ao dos humanos.
Nas propriedades rurais, eles são temidos porque, além de roerem os sacos com grãos, depositam fezes, urina e pelos nos grãos e em outros produtos, tornando-os impróprios para o consumo humano e animal. Nas indústrias, os estragos causados pelos roedores nas fiações elétricas têm causado incêndios e grandes prejuízos.
E engana-se quem pensa que eles só roem madeira. Ratos ainda podem roer chumbo, alumínio, cimento, tijolo e plástico.
Os ratos são portadores de mais de 35 doenças transmissíveis aos homens e animais domésticos. As mais comuns são leptospirose, peste bubônica, tifo, salmonela e hantavirose.
Números impressionantes:
Em seis meses, dois ratos consomem 14 kg de comida, produzem 5,5 litros de urina e 25 mil cíbalas de fezes!
Uma fêmea de camundongo tem até 10 gestações por ano. Cada gestação dura 19 dias e em geral nascem de 6 a 7 crias por ninhada. A partir de um único casal de camundongos podem nascer 5 mil crias em um ano!
A Organização Mundial de Saúde (OMS) calcula que no Brasil existam 5 ratos por habitante, chegando a 10 na cidade de São Paulo!

Categories: combate a ratos, desratização, doenças, esgoto, esgoto e fossas, pragas, ratos

Tags: , , ,

Leave a Comment

Ne alii vide vis, populo oportere definitiones ne nec, ad ullum bonorum vel. Ceteros conceptam sit an, quando consulatu voluptatibus mea ei. Ignota adipiscing scriptorem has ex, eam et dicant melius temporibus, cu dicant delicata recteque mei. Usu epicuri volutpat quaerendum ne, ius affert lucilius te.